Salta... como se o amanhã não existisses Fecha os olhos... e acredita nos teus sonhos Um dia serão reais Salta sem medo... Esquece as mágoas e voa ao sabor do vento Fecha os olhos... e sente a musica que toca cá dentro.

.posts recentes

. Dias maus...

. Um chocolate pela vida...

. Bom Fim de Semana

. Adoptem... Mudem a vossa ...

. Descobri que sou "materia...

. Onde estava no 11 de Sete...

. Tarde de desenhos animado...

. Recordações

. Irritações facebokianas

. Já viram a google hoje?!

.arquivos

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Gripe A

Eu sei que estamos todos fartos de ouvir falar nesta nova Gripe. Toda  a gente fala, todos os canais de televisão contam diariamente, o numero de pessoas infectada, e mais de meio mundo está infectado, etc tc.

Pois não é facil, levar com noticias desta natureza todos os dias,muito menos, quando só há dados da desgraça, (novos casos, mortes...)

Pois a verdade, é que há duas semanas, comecei a sentir-me mais abatida do que costume e apercebi-me que qualquer coisa não estava bem. Fui mandada para casa do serviço, e quando cheguei a casa quis foi dormir.

Logo eu que nunca páro quieta, queria era fechar os olhos e esquecer-me do mundo.

Medi a febre, que com a moda da gripe, não fosse eu apanhar também. Era pouco provavel, pois na semana antes, não havia saido para muitos locais onde pudesse apanhar, mas, lé verifiquei a febre e tinha quase 38.º( nada alarmante).

Tomei analgésicos a ver se passava aquela má disposição, adormeci e quando acordei continuava na mesma.

Pois bem, tinham que ser tomadas medidas, iria ao hospital, mas a vontade não era muita.

Depois de mal jantar comecei com vómitos, e logo ali, percebi que não era bom sinal.

Liguei para a famosa linha de saude, e disseram-me que não estava com grandes sintomas, para aguentar, vigiar a febre e se não visse melhorias, para me dirigir ao centro de saude da minha area de residencia.

Não me sentindo melhor, dirigi-me ao Centro de saude e após alguns minutos, fui atendida. A enfermeira mediu a febre, 38,5.º ( estava a subir) mandaram-me para o consultorio onde fui recebida por uma medica. Diga-se de passagem que não me inspirava muita confiança, mas não é assim com quase todos?! Não liguei. A medica ouviu-me, percebeu o que me tinha levado até lá e após o interrogatorio inicial, disse-me: 

"- Não tem sintomas muito graves. Não me parece que tenha gripe. Alias, não aconselhamos ninguem a cá vir, depois das 21h, porque o serviço de despiste à Gripe A, encerra às 21h. Portanto vai para casa, vou lhe receitar uns comprimidos para baixar a febre. Vai ficar com uma ficha aberta, como suspeita de Gripe A. Amanha regressa e vai ser encaminhada para uma sala onde serão selecionadas algumas pessoas suspeitas, para se fazerem as colheitas."

Não queria acreditar no que ouvia. Ser selecionada?!??? Mas isto é um concurso e ninguem me disse nada. Fiquei boquiaberta. Afinal o centro de saude funcionava assim. Não se fazia análises a todas as suspeitas.

Ainda inquiri a médica perguntado se os sintomas desaparecessem, se tinha que comparecer, ao que ela respondeu:

" Se veio hoje que diferença faz-lhe vir amanha novamente?"

Nem tive resposta. Sai de lá com a certeza que não voltaria a lá por os pés na manha seguinte.

No dia seguinte dirigi-me a outro Centro de saude na Cidade proxima.A recepção, e o tratamento foram completamente diferentes. Saí de lá com as "colheitas" realizadas, com a esperança de que fosse apenas uma gripe sazonal.

 

Ligaram-me na noite a confirmar o diagnóstico: os testes tinham dado positivo.

 

A partir daquele momento foi complicado. Ninguem me visitava. Minha mãe, entrava no quarto de máscara. Era só tossir e expirrar depois de começar a toma do bendito tamiflu.

Passado o primeiro dia, chegou a tosse. As dores no corpo eram continuas, e a luz do dia era dificil aguentar porque as lágrimas começaram. (coisa normal quando fico constipada).

E assim passaram 7 dias infernais, enfiada no quarto, sem ver ninguem, apenas a minha mae, porque tinha de me trazer comida.

O percusro do dia era quarto, casa de banho e novamente quarto.

Tudo onde tocava tinha de ser desinfectado, já para não falar que tinha de medir a febre de manha e á noite e anotar numa folha fornecida pelo Hospital.

Não vou dizer que foi facil, não quero passar por outra igual... mas há que dizer que não é o bicho de sete cabeças que as pessoas fazem.

É uma gripe, como todas as outras, só que de mais facil contagio.

Há que ter cuidado e respeitar as regras da quarentena para própria protecção e protecção dos outros.

Já estou de volta ao serviço e da Gripe ficou apenas a tosse que vai desaparecendo aos poucos.

O pior... a falta de apetite, o isolamento, as dores, e o gosto horrivel do Tamiflu.

Agora: o cuidado redobrado para não ter nenhuma recaida, e não apanhar frio.

 

Já passou este é o espirito:)

 

 

Agradecimentos:

À minha mãe,

Aos meus amigos incansáveis,

Ao João (namorado)  que ficou com resultados inconclusivos

Aos que me deram força,

Aos que me aturaram as sms e telefonemas.

 

A todos Obrigado!!!!

 

publicado por perdida às 11:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Just me...

Sou ...

sincera, amiga,

honesta,chata (ás vezes),

Teimosa,distraída,

impaciente,inconstante

timida(já fui mais)

Tento ser...

optimista, lutadora,

presistente, simpática

com os que me aborrecem...

Gosto...

de Viver,dos meus amigos(as),

da minha familia,de Chocolate,

de escrever, de ler,

do sol, de chuva,

do mar,de praia,

de abraços, de musica,

da liberdade...

Não gosto...

de flores, de pessoas falsas,

de mentiras,da guerra,

da solidão,de sentir medo,

Tenho medo...

de sofrer, de morrer,

de perder...

Já...

senti-me perdida,já perdi,...

já apaixonei-me, já errei,

já arrependi-me...

já sofri, já chorei...

Já fui feliz...sorri,...

Sou feliz...muito

Talvez um dia...encontre alguém,

talvez case, talvez não...

talvez percorra o mundo

e siga o meu sonho...

Talvez tire jornalismo,

e vá em busca de novos horizontes

Talvez fique por cá

e seja feliz assim...

Gostava...

de fazer voluntariado,

de ajudar os outros,

de viajar,

de parar o tempo,

Tenho...

amigos verdadeiros,

principios,

Sonhos....

.